MENU

19/06/2019 às 12h03min - Atualizada em 19/06/2019 às 12h21min

Tecnologias e manejo correto são destaque do Desafio Nacional de Máxima Produtividade de Soja do CESB 2019

A Sementes Aurora, de Cruz Alta (RS), ganha premiação do Comitê Estratégico Soja Brasil na safra 18/19. O produtor aumentou em 7,5% a produção de grãos, com ajuda do fungicida Fox® e da tecnologia para soja INTACTA RR2 PRO®.

DINO
https://www.agro.bayer.com.br/

Considerado uma das maiores referências técnicas para aprimoramento de produtividade, o Comitê Estratégico Soja Brasil (CESB) realiza anualmente o Desafio Nacional de Máxima Produtividade de Soja. Desde 2008, o CESB apoia agricultores a aumentar os níveis de produtividade e ultrapassar a margem de 141 sacas por hectares, com sustentabilidade e viabilidade.

A Bayer acredita nesta expansão e, por meio da ciência e tecnologia, está presente em lavouras de todo o Brasil com soluções personalizadas para produtores rurais dos mais variados tamanhos. 

Esta foi a conduta da Sementes Aurora, de Cruz Alta (RS), vencedora Nacional do Desafio na safra 18/19, com 123,88 sacas por hectare. Além das melhores práticas agrícolas e uma boa gestão do seu negócio, o produtor Maurício de Bortoli também contou com o portfólio Bayer para proteger sua lavoura e ajudar a impulsionar seu potencial de produtividade com o fungicida Fox® e sementes com tecnologia INTACTA RR2 PRO®.

“São necessárias várias ferramentas para aumentar a produtividade de uma lavoura de soja, desde a semente até a proteção de cultivos. E eu me preocupo muito com a qualidade genética e fisiológica da semente”, explica de Bortoli. Considerando a área total de 7.530 hectares de soja, ele aumentou sua produtividade em 7,5% e conquistou a categoria Nacional na modalidade Irrigado do Desafio.  

Para o líder de Negócios de Soja da Bayer para o Brasil, Vinícius Faião, escolher uma boa semente no planejamento da safra é primordial para que o agricultor colha bons resultados ao fim do ciclo. Neste contexto, os benefícios da tecnologia INTACTA RR2 PRO® auxiliam os produtores brasileiros a aumentarem sua produtividade. “A Bayer desenvolveu a tecnologia para soja INTACTA RR2 PRO® para ser uma aliada do produtor ao oferecer benefícios, como alto potencial produtivo, proteção contra as principais lagartas que atacam a cultura da soja no Brasil e tolerância ao herbicida glifosato. Hoje, ela está disponível em mais de 250 variedades de soja, adaptadas às diferentes regiões do país e oferecidas por diversas empresas”, explica Faião.  

Ainda de acordo com Faião, ao lidar com qualquer biotecnologia, é importante utilizar sempre sementes certificadas. “Apenas as sementes certificadas garantem origem, genética apurada e segurança ao agricultor”, completa o líder de Negócios de Soja da Bayer para o Brasil.

O produtor também deve se atentar à escolha de cultivares de soja que se adaptem melhor às condições de clima, solo e até mesmo de pragas e doenças de sua região. Para isso, a Monsoy, marca de sementes da soja da Bayer, foca no desenvolvimento de germoplasmas que se adaptem às condições adversas e às particularidades dos campos brasileiros. Com programas de melhoramento genético, estações de pesquisa de norte a sul e enorme banco de germoplasmas no país, a Monsoy consegue entregar os melhores resultados e alto potencial de produtividade na lavoura.

Um exemplo disso é o agricultor João Antonio Gorgen. Vencedor da categoria “Sequeiro – Nordeste”, ele escolheu a cultivar M8349 IPRO, da Monsoy, para plantar na fazenda Barcelona, que fica na região de Ouro Verde, no município de Riachão das Neves, na Bahia, e teve produtividade de 96,86 sacas por hectare. Nesta safra (2018/2019), a produtividade média do estado foi de 56 sacas por hectare, segundo dados da Associação de Agriculotres e Irrigantes da Bahia (AIBA).

Segundo o diretor comercial da Bayer para o RS e SC, Abdalah Novaes, assim como Bortoli, o agricultor brasileiro tem apostado muito em inovações para obter melhores resultados. Prova disso são os mais de 500 agricultores gaúchos que estiveram entre os primeiros do Brasil a conhecer a tecnologia do fungicida Fox® Xpro e da nova molécula Bixafem durante a safra 18/19. Para o diretor, “os resultados obtidos com o novo produto na última safra trouxeram eficiência e otimismo aos sojicultores, e aqueles que estão em busca de maiores índices de produtividade deverão optar por mais inovação na proteção de suas lavouras”.



Website: https://www.agro.bayer.com.br/
Link
Notícias Relacionadas »
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp