24/05/2021 às 18h20min - Atualizada em 24/05/2021 às 20h41min

Negociações da Convenção Coletiva resultam em novos acordos para setor de TI

Novos ajustes foram aprovados em relação ao controle de jornada de trabalho

DINO

As negociações da Convenção Coletiva de Trabalho 2020/2021, entre o Sindicato das Empresas de Informática do Rio Grande do Sul (SEPRORGS) e o Sindicato Laboral da categoria, resultaram em acordos pautados no momento atual do setor, que enfrenta desafios em função da pandemia da Covid-19.

Segundo o diretor de Relações do Trabalho do SEPRORGS, Vinycio Lunelli, um dos acordos alcançados se refere à extensão do benefício de controle alternativo de jornada para empresas que atuam no regime de 44 horas semanais.

Para ele, o controle alternativo representa um avanço, já que, no período de pandemia, as empresas que, além de cumprirem suas obrigações normais, são adeptas das 44 horas, não vinham podendo usufruir deste benefício.

"Além disso, o home office ainda não proporciona variadas formas de contrato, ou seja, para utilizar o recurso de controle laboral, as empresas teriam que diminuir a carga horária de uma hora para outra. O nivelamento da possibilidade de controle ajuda os negócios que praticam as 44 horas", relata Lunelli.

Já a assessora da diretoria do SEPRORGS, Karen Amaro, ressalta a mudança como fundamental para a alavancar a competitividade das empresas. "Isto impacta na geração de crescimento e no equilíbrio da relação entre organização e colaboradores, mais ainda no formato home office", acrescenta.

O acordo, segundo ela, também traz tranquilidade jurídica às organizações, visto que poderão controlar o andamento dos trabalhos em linha com uma nova tratativa. "Esse recurso oferece tempo para que as companhias que ainda fazem 44 horas se adaptem a um modelo mais moderno de trabalho", revela Lunelli.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Informações indisponíveis

0