24/05/2021 às 18h18min - Atualizada em 24/05/2021 às 20h41min

Setor de TI se engaja para inserir Rio Grande do Sul no mapa global da inovação

Reuniões debateram a formação de grupos para atuação em programa voltado à construção de parcerias entre sociedade civil, setores empresarial, acadêmico e governamental para fomento da evolução digital.

DINO

O SEPRORGS - Sindicato das Empresas de Informática do Rio Grande do Sul participou das reuniões de formação das Mesas do Inova RS, programa voltado a incluir o Rio Grande do Sul no mapa global da inovação a partir da construção de parcerias estratégicas entre a sociedade civil organizada, setores empresarial, acadêmico e governamental.

O programa atua em oito regiões representativas do Estado: Metropolitana e Litoral Norte, Sul, Fronteira Oeste e Campanha, Central, Noroeste e Missões, Produção e Norte, Serra e Hortênsias, além da Região dos Vales. Na iniciativa, o SEPRORGS atuou por meio do presidente, Rafael Krug, e diretores regionais.

Conforme destaca o Governo do Estado, as mesas do Inova RS constituem um ponto essencial da estrutura de governança local, desempenhando as funções de validar, votar e garantir a participação de suas instituições e empresas nas ações voltadas ao ecossistema.

"O objetivo é engajar as lideranças locais visando a criação de oportunidades de negócio através da elaboração e implementação de uma estratégia regional de inovação como forma de alavancar o crescimento econômico e o desenvolvimento social", afirmou, em nota, a coordenação do Inova RS.

Para o presidente do SEPRORGS, Rafael Krug, a presença nas Mesas do Inova RS é mais do que importante, pois leva também a visão do empresariado de TI às conversas do programa, focando uma sinergia entre todos os setores da sociedade (poder público, academia e iniciativa privada) para o fomento da inovação.

"Em nosso papel contínuo de representar e defender o setor de TI em todas as suas formas, participar do Inova RS nos permite estar na linha de frente para buscar novos caminhos para fomentar a economia digital no estado, seja no crescimento das empresas, seja na construção de um ambiente pleno para o desenvolvimento da inovação em geral", explicou Krug.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Informações indisponíveis

0