25/05/2021 às 18h46min - Atualizada em 25/05/2021 às 20h00min

O que é remarketing e quais seus benefícios nas vendas

O remarketing é uma estratégia para entregar às mesmas pessoas o conteúdo e os produtos da empresa, mas de uma forma diferente. É centrado na “recuperação” de clientes que já acessaram site, através do e-mail e também no site da empresa.

DINO
https://www.legions.biz/
Remarketing

Mesmo com um projeto de marketing digital implementado, e com resultados satisfatórios, é necessário investir ainda em novas formas de otimizar as vendas no site. Afinal, a concorrência é cada vez maior e todos buscam novas soluções para os negócios.

Se o trabalho inicial do marketing é identificar o público-alvo https://www.legions.biz/blog/publico-alvo/ da empresa e criar mecanismos para aumentar as vendas, o remarketing tem como tarefa principal aprimorar estas ferramentas e potencializar os resultados.

No entanto, antes de aplicar as técnicas de remarketing dentro de um projeto de comunicação e vendas, a Agência Legions vai detalhar quais são os benefícios desse conceito e como aplicá-lo da melhor forma.

O que é remarketing
Para colocar esse conceito na prática, é necessário antes entender o que é remarketing. Sendo assim, pode-se dizer que se trata de uma estratégia para entregar às mesmas pessoas o conteúdo e os produtos da empresa, mas de uma forma diferente.

Um dos principais objetivos com esse mecanismo é transformar as pessoas que já acessam o site da empresa e pesquisam assuntos relacionados aos temas dos produtos em clientes de forma efetiva.

Dessa forma, as ferramentas de maior importância nesse processo são o Google AdSense e o e-mail, que servem como base de dados e divulgação dos conteúdos de remarketing, como promoções, convites e conteúdos relevantes.

Diferença de Remarketing e retargeting
Dentro das ações do plano de marketing digital https://www.legions.biz/blog/plano-marketing-digital/, existem conceitos que se parecem entre si, mas são diferentes na prática e seus resultados. Um exemplo disso é a confusão que muitos acabam fazendo entre remarketing e retargeting.

Sendo assim, vale a pena explicar a diferença entre cada um deles. O remarketing é centrado na "recuperação" de clientes através do e-mail e também no site da empresa. Por outro lado, o retargeting se vale de mídias pagas no Google e em redes sociais para atingir pessoas que têm histórico de engajamento com a marca.

Apesar destas diferenças, é interessante ressaltar que tanto o remarketing quanto o retargeting podem ser usados de forma conjunta, a fim de atingir o maior número possível de pessoas.

Como remarketing impulsiona vendas
Apesar dos objetivos paralelos do marketing digital, como a consolidação da marca diante ao mercado, a meta principal é aumentar o número de vendas com um custo de operação menor.

Sendo assim, uma das formas de atrair mais clientes é o remarketing. Isso porque uma das ações é de "convencer" o consumidor a finalizar a compra. Estima-se que 97% dos acessos ao site não geram vendas. Por isso o remarketing trabalha para reduzir esses números.

Além disso, através do e-mail marketing é possível fazer com que o cliente se mantenha engajado nos produtos, considerando comprá-los de acordo com o preço ou condições.

No mais, nos itens a seguir há informações de como o remarketing impulsiona as vendas da empresa:
Criar anúncios específicos
Um dos benefícios do remarketing na geração de vendas é a segmentação de público nas campanhas. Com a criação de anúncios específicos, a tendência é que sejam alcançados resultados melhores.

Tendo em vista que no remarketing o público já estabeleceu certa interação com a marca, o anúncio deve ir no sentido de convencer que a solução da empresa é a melhor naquele momento, invariavelmente com promoções e cupons de desconto.

Usar landing pages
Para além de atingir novamente as pessoas através de conteúdos segmentados, é preciso pensar no que virá depois disso. E é nesse momento que surge a landing page.

As landing pages são páginas para as quais o público é direcionado após clicar em um botão, banner ou link simples. Desse modo, ao usar o remarketing, é preciso usar landing pages que sejam objetivas na conversão de vendas.

Por que usar o remarketing
Já sabe-se que no marketing digital as vendas e identificar o público-alvo são os principais benefícios. Mas, afinal, por que usar o remarketing para melhorar os resultados da empresa no mercado digital?

É possível mencionar uma série de motivos que justificam o uso deste conceito para atrair consumidores. Uma delas é a redução de custos nas operações de vendas.

Ao invés de percorrer todo o caminho do inbound marketing novamente e chegar na decisão de compra, agora a estratégia vai diretamente até o consumidor que já está inclinado a executar a aquisição.

Isso significa menor tempo de conversão e, consequentemente, menor custo. No entanto, existem outras justificativas que demonstram os benefícios do remarketing.

As promoções são estratégias antigas de vendas, que vêm muito antes do marketing digital. Mas com a internet ganhou novos valores. Sendo assim, a criação de ofertas e cupons de desconto são iscas perfeitas para atrair antigos clientes que deixaram de efetuar a compra devido ao preço.

Para impulsionar o poder das ofertas, o remarketing é o parceiro ideal, pois entrega diretamente no e-mail do cliente, aumentando as chances de conversão.

Abaixo há alguns dos motivos para usar o remarketing nas estratégias de vendas:
Maior engajamento do público;
Diminuir o abandono de compras no site;
Impulsionar promoções para antigos clientes;
Conversão do público-alvo em clientes.



Website: https://www.legions.biz/
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »