25/05/2021 às 18h45min - Atualizada em 25/05/2021 às 22h00min

Manuais: pesquisas evidenciam que 70% das pessoas não leem as explicações, mas qual é a razão?

Raio-X do Edital junta a experiência de 3 irmãos que passaram em concursos e estudam os editais para indicar o que estudar, orientar os conteúdos importantes e em qual profundidade.

DINO
https://www.instagram.com/raioxdoedital/

Uma pesquisa recente mostrou que quase 70% das pessoas não costumam ler os manuais de instrução ou o rótulo de um alimento que consome, foi a conclusão publicada no Interacting with Computers Journal em 2018.

Ademais, outros pesquisadores concluíram que no universo das pessoas que leem os manuais de instruções, apenas usam 25% de todas as funções dos seus equipamentos.

De modo geral, os consumidores preferem explorar sozinhos os equipamentos ao invés se debruçar sobre as orientações fornecidas. Entretanto, não ler os rótulos dos alimentos que são consumidos é uma opção perigosa, pois é passo importante rumo à alimentação saudável e ao risco de serem enganados.

No ramo dos concursos públicos a situação é similar: poucos observam a leitura da principal fonte das informações - o edital do concurso público - é lá que se encontram todas as informações imprescindíveis como a data da prova, as regras para a realização, bem como qual o conteúdo será cobrado. 

A dificuldade apontada quanto aos editais é o cansaço de uma linguagem truncada, difícil e complexa.

Foi pensando neste cenário que 3 (três) irmãos, Daniella Duque (Procuradora do Município de Olinda-PE), João Duque (Defensor Público-PE e Felipe Duque (Procurador da Fazenda Nacional), pensaram em facilitar o processo de leitura através do projeto "Raio-X do Edital".

Felipe narra que em 2015, quando saiu o edital do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), concurso no qual os 3 (três) tinham sido aprovados se comprometeram em "dissecar o edital fazendo um manual do que poderia ser cobrado na prova e como estudar com base na experiência de estudos que possuíam".

A ideia foi proveitosa: sem fins lucrativos, conta que o primeiro “Raio-X Gratuito” foi baixado por mais de 10.000 usuários. A partir dali, criaram o @raioxdoedital (Instagram) para ajudar o aluno a montar uma estratégia completa diante do edital.

"A ideia é interpretar todo o conteúdo programático do edital, dizendo ao aluno qual fonte bibliográfica deve-se usar, quais são os temas de maior incidência, quais temas possuem baixa incidência, bem como apontar que assuntos possuem e necessitam de um maior aprofundamento", conta João Duque.

"Nos juntamos para permitir que o aluno possua autonomia nos estudos e tenha a certeza de que está fazendo o certo na sua caminhada", revela Felipe Duque.

"O objetivo é realmente fazer um "raio-x" do edital, isto é, decodificar, simplificar, esquematizar para que o aluno assim que ler o conteúdo, saiba realmente o que é mais importante e quais são nossas apostas para sua prova, e por onde ele deve estudar cada tema: doutrina, lei seca ou jurisprudência", finaliza Daniella Duque.

Na semana de 23 a 25 de maio de 2021, haverá uma Jornada do Raio-X com lives gratuitas para ensinar os estudantes a como ler o edital e preparar o seu próprio método de estudos.

Mais informações podem ser conferidas em @raioxdoedital (Instagram).

 

 



Website: https://www.instagram.com/raioxdoedital/
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Informações indisponíveis

0